GED e Serviços

LGPD – Muitas Empresas Explicando o Problema, Poucas Oferecendo Soluções.

Conhecimentos em arquivologia, tecnologia e direito são que você precisa para se adequar à nova lei.
Arquivar
Arquivar
Postado em 2 de outubro de 2020 - Atualizado em 25 de novembro de 2020
LGPD-soluções-práticas

Conhecimentos em arquivologia, tecnologia e direito são que você precisa para se adequar à nova lei.

A LGPD entrou em vigor e agora nas redes sociais são incontáveis as webinars, cursos intensivos, manuais e consultorias explicando sobre a nova lei. Apesar disso, como a maioria dos fornecedores não possui a expertise no tratamento de dados, as empresas estão sem suporte na hora de realmente se adequar à nova lei.

Por conta disso, dificilmente encontramos conteúdo do tipo “Realizamos as Adequações Necessárias à LGPD na sua Empresa“ e, no lugar de explicar o problema, a Arquivar pode adequar os processos e a área documental de sua empresa à nova lei de proteção de dados.

A aplicação da LGPD na proteção efetiva dos dados do cliente é que confirmará sua adequação, desenvolvendo no consumidor uma maior confiança na marca. A empresa que colocar na prática todas as determinações da Lei nº 13.709/2018 vai se destacar no mercado mais rápido, aumentará seu potencial competitivo!

Como está sua empresa em relação à LGPD?

A verdade é que a LGPD foi aprovada há dois anos e o intervalo de tempo entre a aprovação e o vigor da lei existiu exatamente para que as empresas pudessem entender as mudanças e começar a desenhar planos de adaptação.

Por conta disso, é muito importante ressaltar: o momento de conhecer e entender a Lei Geral de Proteção de Dados está ficando pra trás, estamos no momento de colocá-la em prática.

Grande parte das empresas ainda não se preparou corretamente para este novo cenário e o que vemos nos departamentos jurídicos, administrativos e secretarias hoje é uma verdadeira corrida contra o tempo.

Mas o prazo para adequação não vai até agosto de 2021?

Antes de mais nada, se engana quem pensa que vai poder deixar a LGPD de lado até o segundo semestre do ano que vem.

Uma medida provisória chegou a ser votada no senado sugerindo que a vigência da lei fosse adiada para 2021, principalmente devido às mudanças causadas pela pandemia, porém, a votação validou que a lei permanecesse com sua data de vigência original: setembro de 2020. O prazo de agosto de 2021 serve apenas para aplicação das sanções administrativas previstas na lei.

Isso significa que a lei já está em vigor e que qualquer empresa que não responda às suas exigências está exposta a penalidades na esfera judicial, mas o início da aplicação das sanções administrativas previstas na LGPD acontecerá apenas em agosto de 2021.

Quer aprender a se adaptar à LGPD, sem juridiquês?

A empresa que deve fazer ajustes para respeitar a lei que protege os dados é a que efetua os processos seguintes:

  • Realiza cadastros de clientes de forma física ou digital;
  • Arquiva dados relacionados aos serviços ou produtos vendidos para cada cliente;
  • Acessa, arquiva, compartilha, analisa dados sobre movimentações financeiras, estado de saúde, histórico profissional, preferências pessoais;
  • Tem redes sociais;
  • Realiza qualquer tipo de operação ou serviço jurídico para clientes finais;
  • Rastreia e analisa dados de compras dos clientes;
  • Lida com documentação de fornecedores.

Você vai precisar de otimizações relacionadas à LGPD.

Tem dúvidas sobre como implementar a Lei no seu negócio?

Enfim, praticamente todos os tipos de negócio estão sujeitos às exigências da nova lei. O que vai variar são os níveis de movimentações necessárias nos dados para cada negócio.

Lida com prontuários médicos? Sinal vermelho! Os dados relacionados à saúde e a preferências pessoais são considerados dados sensíveis pela LGPD e exigem tratamento específico. Tem equipe que acessa, organiza, analisa ou compartilha dados de clientes, fornecedores e colaboradores? Atenção! Ter um sistema com rastreabilidade de acesso será essencial para o seu negócio, e essa rastreabilidade deve ser tanto física quanto digital.

A Lei de Regulamentação de Dados tem parâmetros bem definidos, porém sua adequação não é uma receita pronta. Então cada negócio vai precisar de uma equipe com conhecimentos profundos em arquivologia, tecnologia e direito para conseguir se adequar. Do mesmo modo, focar apenas na edição de políticas de privacidade padrão, e-mails genéricos com pedidos de autorização, medidas de segurança com brechas e riscos fará com que as equipes percam tempo e verba nessa corrida.

Se você ainda está no momento de entender mais sobre a lei, confira aqui um material completo que vai ensinar a você todos os conceitos da LGPD em formato multimídia (você pode ouvir enquanto trabalha 😉 e compartilhar com seu time).

Mas não perca tempo! Já estamos no momento de iniciar os trabalhos, e para entender melhor como isso pode acontecer na sua empresa, confira este Guia Prático de Gestão de Documentos Aderente à LGPD.

Afinal, como sair da teoria e colocar a mão na massa?

Todos os clientes da Arquivar já estavam seguros quanto à LGPD na área de gestão documental mesmo antes da lei existir. Com 29 anos de experiência em gestão documental, a Arquivar é composta por uma equipe multidisciplinar, trazendo expertise em:

  • Arquivologia;
  • Tecnologia;
  • Processos empresariais;
  • Gestão de Dados;
  • Gestão Documental, e muito mais!

Portanto, temos tudo o que é necessário para resolver os desafios ligados à nova lei de forma prática e segura na área de gestão documental. Um diferencial é o escopo personalizado, que vai ao encontro das necessidades específicas de cada negócio.

Isso tudo sem que seu time precise perder tempo criando soluções e resolvendo problemas que não são de sua área de atuação. Afinal, o software oferece possibilidade de gestão tanto para documentos físicos quanto eletrônicos, e é um software próprio e 100% integrável a outros sistemas.

O Software GED também proporciona número de usuários ilimitado, controle de acessos, controle de validade de documentos, rastreabilidade física e digital, assim também como soluções que podem garantir a segurança da sua marca para este novo momento.

O importante é se adequar o mais rápido possível e enxergar a LGPD como uma diretriz para a rotina empresarial. Ainda que, nesse primeiro momento, não se apliquem penalidades, a responsabilidade da empresa com o público consumidor e com o governo já existe. A flexibilidade da fiscalização é uma forma de garantir que a empresa sofra menos pressão e, ao mesmo tempo, adote as práticas requeridas em um período satisfatório.

Ainda sente dificuldades em colocar, na prática, o que já sabe sobre a Lei Geral de Proteção de Dados? Já ouviu muita conversa sobre o tema e ainda não tem a confiança necessária para agir? Chega de ouvir explicações sobre o problema, vamos conversar sobre a solução? Esta é a nossa proposta — oferecer soluções: entre em contato hoje mesmo com a Arquivar e vamos começar a trabalhar!

Assista também o nosso vídeo:

Ligamos para você