O que nos diferencia?

Validação ITI: O que é, como funciona e por que fazer?

validação iti

O que é o ITI?

O ITI é uma autarquia federal criada em 2001 pela Lei nº 11.419/2006 para promover o uso e desenvolvimento da tecnologia da informação e comunicação no Brasil, em especial da infraestrutura de chaves públicas (ICP-Brasil).

Essa infraestrutura é composta por diversas entidades, incluindo o ITI, autoridades certificadoras (ACs), autoridades de registro (ARs) e usuários finais (pessoas físicas e jurídicas).

Assim, o objetivo da infraestrutura é garantir a autenticidade, integridade e confidencialidade de documentos eletrônicos e transações realizadas por meio da internet.

O ITI é responsável pela regulamentação, fiscalização e auditoria dos serviços de certificação digital prestados pelas ACs e ARs, bem como pelo estabelecimento de normas técnicas e de segurança para o uso da certificação digital.

O instituto também é responsável por promover a educação e conscientização sobre a importância da segurança da informação e do uso da certificação digital para a sociedade brasileira.

Como funciona o processo de validação – ITI?

A validação de assinatura do ITI (Instituto Nacional de Tecnologia da Informação) é um processo que permite verificar a autenticidade e a integridade de uma assinatura digital em um documento eletrônico.

Assim, a realização do processo de validação de assinatura se dá por meio da verificação do certificado digital no documento.

O certificado digital contém informações do titular e da Autoridade Certificadora que o emitiu e é verificado através da cadeia de certificação composta por AC Raiz, AC intermediária e certificado utilizado na assinatura.

Garantir a segurança jurídica dos documentos eletrônicos assinados digitalmente é importante, por isso o ITI valida a assinatura.

Além disso, ao verificar a autenticidade e a integridade da assinatura digital, é possível garantir que o documento não foi adulterado e que a pessoa que o assinou é realmente quem afirma ser.

O ITI disponibiliza diversas ferramentas para realizar a validação de assinatura digital, incluindo o Portal de Assinaturas, o Assinador Livre e o Validador de Assinatura Digital. Qualquer pessoa ou empresa que precise validar a autenticidade de um documento eletrônico assinado digitalmente pode utilizar essas ferramentas gratuitas.

Benefícios ao verificar a validade de um documento no ITI:

A validação de assinatura ITI traz diversos benefícios para a segurança e confiabilidade de documentos eletrônicos assinados digitalmente. Alguns dos principais benefícios incluem:

  1. Garantia da autenticidade: A validação de assinatura ITI verifica se a pessoa indicada realmente assinou o documento e se a assinatura não foi falsificada ou adulterada, garantindo assim a autenticidade do documento.
  2. Integridade do documento: A validação de assinatura ITI assegura que o documento não foi modificado após a assinatura, preservando assim sua integridade.
  3. Prova jurídica: A validação de assinatura ITI é fundamental para a utilização de documentos em processos judiciais. Ela garante a sua autenticidade e integridade, fornecendo assim uma prova jurídica válida.
  4. Segurança da informação: A validação de assinatura ITI é uma medida importante para garantir a segurança da informação, protegendo documentos eletrônicos contra fraudes e falsificações.
  5. Agilidade e eficiência: A validação de assinatura ITI é ágil e eficiente, verificando a autenticidade e integridade em poucos segundos.

Em suma, a validação de assinatura ITI é um processo essencial. Ele garante a segurança, autenticidade e integridade de documentos eletrônicos assinados digitalmente. Além disso, fornece uma prova jurídica válida para processos judiciais e administrativos.

Passo a Passo para a validação do ITI

Para validar um documento assinado digitalmente com o ITI (Instituto Nacional de Tecnologia da Informação), siga os seguintes passos:

  1. Acesse o site do ITI (https://www.iti.gov.br/);
  2. Selecione o tipo de documento que deseja validar (PDF, XML, etc.) e clique em “Escolher arquivo” para selecionar o documento a ser validado;
  3. Clique em “Validar” e aguarde o resultado da validação.

A entidade confiável receberá uma mensagem de confirmação emitida pelo ITI indicando que o documento foi assinado digitalmente e que não houve adulteração no conteúdo desde a assinatura. Se a assinatura for inválida, o ITI emitirá uma mensagem indicando que a assinatura digital é inválida e que o documento pode ter sido adulterado.

Tutorial: Validando Assinaturas Digitais no ITI

Neste vídeo você aprenderá como validar um documento assinado digitalmente através do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação – ITI. Siga os passos para garantir a confiabilidade e validade da assinatura.

Como a ArqSign garante 100% de aprovação na validação ITI?

A ArqSign segue as normas estabelecidas pela ICP-Brasil (Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira) na emissão de seus certificados digitais, o que garante que sua plataforma de assinatura eletrônica digital tenha o processo mais seguro do mercado.

A assinatura realizada na Plataforma é gerada por meio de um processo de criptografia assimétrica que utiliza um par de chaves: uma chave privada e uma chave pública. A chave privada é usada para assinar digitalmente o documento, enquanto a chave pública é disponibilizada no certificado digital para validar a assinatura.

Ao validar a assinatura da ArqSign, o ITI verifica a autenticidade do certificado utilizado, garantindo a integridade e autenticidade do documento. A validação é realizada com base em uma série de requisitos técnicos e legais estabelecidos pela ICP-Brasil.

Dessa forma, a assinatura eletrônica da ArqSign garante aprovação na validação ITI, assegurando a integridade, autenticidade e validade jurídica dos documentos.

Compartilhar Publicação:

Artigos relacionados

Outras categorias

Leu nosso conteúdo, identificou uma demanda e ainda tem dúvidas?

Fale com um de nossos especialistas!
  • Hidden